Com modernização, Bandeirantes ganharão mais 25 anos...

A Força Aérea Brasileira (FAB) modernizará sua frota de aviões Bandeirante. O programa deve contemplar num primeiro momento cerca de 80 Bandeirante e 60 Tucano utilizados pelo Comando da Aeronáutica em diversas missões e treinamento de pilotos.
Os militares chegaram a admitir a hipótese de comprar aeronaves européias para substituir o bimotor. Porém, a robustez da estrutura do Bandeirante fez que se buscasse recuperar as aeronaves produzidas pela Embraer. Com a modernização, a frota da FAB ganhará entre 20 a 30 anos de vida útil.

O total do contrato de modernização é estimado em US$ 16 milhões será firmado com a Embraer, que fará o gerenciamento do processo. No entanto, as inovações nos sistemas aviônicos dos aparelhos será definido até o final deste ano entre um consórcio brasileiro e a Elbit Systems, de Israel.
Os aviões receberão desde piloto automático, displays, sistemas de controle e informação de vôo, um novo projeto de elétrica e eletrônica de bordo e a troca integral dos painéis. Praticamente será utilizada somente a estrutura do avião, pois os equipamentos de vôo serão todos trocados.

Atualmente, os mecânicos aeronáuticos da FAB encontram dificuldades para manter os Bandeirante com funcionamento integral. Além de obsoletos, os equipamentos de vôo deixaram de ser produzidos e os sistemas de navegação aérea estão ultrapassados para os padrões de exigência em vigor.


Número de aeronaves diminuiu e valor do contrato aumentou.

A Aeroeletrônica, de Porto Alegre (RS), foi selecionada pela Força aérea Brasileira (FAB) para participar do programa de modernização de 54 aeronaves Bandeirante, em operação desde os anos 70. A empresa, segundo o chefe da Diretoria de Material Aeronáutico e Bélico (Dirmab) da FAB, brigadeiro Hélio Paes de Barros Júnior, fornecerá uma nova aviônica para os aviões, termo utilizado para os sistemas elétricos e eletrônicos, tais como navegação, comunicação, dados de voo e sistemas de controle.
O investimento previsto, de acordo com Barros Júnior, é da ordem de US$ 35 milhões. Das 54 aeronaves que serão modernizadas, 10 são de patrulha marítima. A frota atual de Bandeirante da FAB é de 80 aviões, mas a modernização só incluiu os modelos mais novos, de acordo com o diretor da Dirmab.
Fabricado na década de 70, o Bandeirante foi produzido durante quase 20 anos pela Embraer. Atualmente o modelo ainda é muito utilizada pela FAB em instrução básica de pilotos de aeronaves de transporte e em missões de busca de salvamento. A FAB opera a aeronave em sete esquadrões de transporte aéreo. “Consideramos o Bandeirante um avião extremamente seguro e com a modernização ele ganhará uma sobrevida de mais 25 anos”.
O programa de modernização da aeronave, segundo o brigadeiro Barros Júnior, é considerado estratégico para a Aeronáutica e contemplará não só a parte de aviônica, como também o hardware (bomba, sistema de combustíveis, hidráulica e ferragens), documentação técnica e estrutura. Esta última, de acordo com o diretor da Dirmab, será feita através de licitação e demandará um investimento de US$ 10 milhões.

Controlada pelo grupo israelense Elbit, a empresa Aeroeletrônica, já participa de outros programas de modernização da FAB, atualmente em andamento: 45 caças F-5, que será concluído em breve e consumiu um total de R$ 120 milhões e o AMX, que contempla a revitalização da aviônica de 53 aeronaves, um projeto da ordem de R$ 740,7 milhões. Os 99 Supertucano comprados pela FAB da Embraer, com a designação ALX, também possuem aviônica Elbit/Aeroeletrônica. O desenvolvimento e a produção desses aviões teve um custo total de R$ 449,7 milhões.

Fonte: Gazeta Mercantil e Valor Econômico.


Acima, um painel de aeronave Bandeirante na configuração atual, sem modernização.

Visita aos Bandeirantes no "Domingo Aéreo" do CIAAR em Belo Horizonte...

Nesta época do ano temos o tradicional e movimentado "Domingo Aéreo" no CIAAR (Centro de Instrução e Adaptação da Aeronáutica), que fica baseado no Aeroporto da Pampulha, em Belo Horizonte. E hoje não foi diferente... com um belo dia de sol, milhares de pessoas visitaram a base aérea e se encantaram com as apresentações aéreas.
Nossa missão era, principalmente, fotografar detalhadamente os Bandeirantes que estivessem por lá e ampliar nosso acervo. Após a confirmação do nosso credenciamento, fomos as fotos e filmagens.
Para nossa alegria encontramos três versões: o EMB-110 (C95), o EMB-110 K1 (que transportou os paraquedistas) e o EMB-111 A (o "bandeirulha").


O primeiro a ser visitado foi o EMB-111 A.

Depois o EMB-110 K1, desta vez com meu filho fazendo a pose...

Interior da cabine do EMB-110 K1, visto do banco do comandante.

Por último, o EMB-110 (C95).

Depois de uma longa caminhada, rasantes espetaculares de AMX, F5 e Mirage, era a hora do descanso... a sombra do "Bandeco" foi um lugar ótimo para nos proteger do sol.

Ahhh... eu amo este Bandeirante!...  :)

Uma curiosa foto da identificação do EMB-110, o 118º Bandeirante produzido pela Embraer em 21/09/1976, completando nestes dias 33 anos de serviços!
Parabéns para ele!!!
O que eu acho mais interessante é como a Força Aérea Brasileira trata bem de suas aeronaves.
Parabéns para a FAB também!

Agradecemos aos responsáveis pelo evento e ao comando do CIAAR por este dia tão agradável.
Para conhecer mais sobre o CIAAR acesse:  http://www.ciaar.com.br/ .


A história da primeira mulher comandante de Bandeirante.

Há aproximadamente três anos, quando estávamos iniciando este projeto, tive a grata satisfação de conhecer a Cmte. Lucy Lúpia Pinel Balthazar, que foi a primeira mulher comandante da aeronave Bandeirante. Isso ocorreu em 1977, quando as mulheres tinham apenas uma pequena participação nos quadros de pilotos de aeronaves deste país.
Recebi sua cartinha com muita alegria, repleta de relatos e fotos de eventos importantes que envolverm o "bandeco", dentre as quais, um relato da travessia de Bandeirante do Rio à Somália, publicada na Revista Aeronáutica de setembro/outubro de 1992 (que iremos mais adiante publicar em partes neste blog).
Quando Lucy iniciou seu treinamento de Bandeirante na Embraer em 1977, ela já tinha 11 anos de experiência e mais de 2.300 horas de vôo, começando a voar no Aeroclube de Nova Iguaçu, RJ. Carioca, nascida em 1932, é formada em bioquímica farmacêutica e por muitos anos, como servidora publica,  trabalhou no Hospital do IPASE, antes de começar a voar e descobrir sua verdadeira vocação.
Graduou-se sucessivamente como piloto privado, instrutora de Aeroclube, piloto comercial, comercial senior e piloto de linha aérea. É licenciada em 17 bimotores e possui cartão de vôo "IFR". Por já possuir licença do DAC para comandar bimotores como o Piper "Chieftain" (o Navajo fabricado pela Embraer) e o Aerocomander, é que Lucy se interessou por se habilitar também no Bandeirante, avião que considera seguro, econômico e de alto rendimento operacional. Detentora de um admirável currículo, Lucy já fez diversos translados e coleciona muitas histórias interessantes.
Lucy revelou também seu lado de escritora, publicando diversos títulos, dentre os quais:
"Eu quero voar - O retrato do preconceito", "Vôo Proibido - Os apuro de uma pioneira" e "Sobrevivente - A saga da 1ª piloto de linha aérea".

Para conhecer mais da história desta grande comandante, visite o site:
http://www.captain.lucyl.nom.br/
Lá você encontrará relatos, fotos, vídeos e muito mais. Vale a pena conferir.

Cmte. Lucy na época da sua formação no Bandeirante.




Em tempo: Aviadora da FAB torna-se a primeiro piloto de Busca e Resgate da história da Força.

A 2º Tenente Marcia Regina Laffratta Cardoso tornou-se a primeira aviadora da Força Aérea Brasileira a ser elevada operacionalmente a Piloto Básico de Busca e Salvamento após realizar todas as missões previstas das aeronaves do Esquadrão Pelicano e ter suas fichas analisadas pelo Conselho Operacional Nº 185.
A instrução em 2008 começou na aeronave SC-95B Bandeirante e depois no helicóptero H-1H. “Tenho muito orgulho de voar neste esquadrão”, conta a oficial.
A Tenente Márcia formou-se na Academia da Força Aérea no ano de 2006, concluiu o Curso de Emprego Operacional de Helicópteros, no Esquadrão Gavião em Natal-RN no ano de 2007 e depois foi selecionada para compor o efetivo do 2º/10º GAV, Esquadrão Pelicano. Atualmente é a responsável pela Subseção de Patrimônio do esquadrão e possui cerca de 500 horas de vôo.

Conheça as versões fabricadas do Bandeirante.

Versões do Bandeirante:
EMB-100 Protótipo
Denominação dada pela Embraer aos 3 protótipos do projeto IPD/PAR 6504 do CTA, devendo-se resaltar que o 3º protótipo  (PP-ZCN) foi inteiramente fabricado após a criação da Embraer, basicamente com as mesmas especificações do projeto original, porém equipado com um laboratório voador para pesquisas de sensoriamento remoto. Motor turbo-hélice  de 550 HP Pratt & Whitney Canada PT6A-20, janelas ovais e capacidade para oito passageiros. Primeiro vôo em 26 de outubro de 1968.

EMB-110 (Militar)
É a versão básica do Bandeirante, para 10 ou 12 passageiros. Com motores PT6A-27 de 680 HP, com naceles redesenhadas para alojar completamente o trem de pouso. Recebeu a designação C-95 na FAB. Primeiro vôo em 9 de agosto de 1972. Comprimento da fuselagem de 13,74 m e peso máximo de 5.300 kg.

EMB-110 A (Laboratório)
Versão de calibragem de auxílios de navegação do EMB-110 com até seis passageiros/operadores. O conjunto console/painel é fixado em trilhos, de maneira idêntica às poltronas, permitindo a remoção rápida e fácil e consequente utilização da aeronave para outros tipos de missão. Recebeu a designação EC-95 na FAB.

EMB-110 B
Conhecido na FAB como R-95, é uma versão de aerofotogrametria do C-95, com câmeras Zeiss ou Wild e aviônicos adicionais. Possui duas aberturas para as câmeras no piso. Capacidade para até 5 passageiros/operadores.

EMB-110 B1
As mesmas características do EMB-110 B, mas possibilitando sua rápida transformação em um confortável avião executivo para oito passageiros, com poltronas reclináveis, mesas para secretária, lavatório e pequena cozinha.

EMB-110 C
Transporte civil e comercial. O acabamento interior segue, em linhas gerais, o mesmo do EMB-110, sendo alterado apenas o arranjo das poltronas. Para quinze pasageiros (podendo variar de 12 a 16 lugares).

EMB-110 C/N
As mesmas configurações do EMB-110 C, porém com instalação de equipamentos de degelo nas asas, hélice, empenagem, tomada de ar das turbinas e pára-brisas. Modelos construídos inicialmente a pedido da Marinha do Chile.

EMB-110 E
A versão "executiva" do Bandeirante. Com interior sobriamente decorado, é dotado de "galley" completa, com geladeira, forno, "container" para refeições e compartimento apropriado para bebidas diversas. Ainda no interior, o toilette, o guarda-roupas e o toca-fitas, para o bem estar de sete passageiros acomodados em quatro poltronas individuais e um sofá lateral de três lugares. O primeiro foi fabricado em 1974.

EMB-110 E/J
Mantém as linhas gerais do EMB-110 E, apresentando diferenças apenas no arranjo interno, de modo a acomodar de oito a dez passageiros, com assento especial para uma comissária.

EMB-110 F
Versão original para transporte de cargas leves, com piso reforçado, de modo a suportar uma carga distribuída de 450 kg/m2 e com uma porta ampla de 1,30m x 0,85m.

EMB-110 K1
Projetado para operar como cargueiro militar, podendo ser utilizado como transporte de pára-quedistas. Com capacidade para 1.650 kg, teve sua fuselagem alongada em 0,85 m (total de 14,60 m) e utiliza turbinas PT6A-34 de 750 HP. No lado esquerdo da parte alongada foi instalada uma porta de carga e uma extra de passageiros/tripulação. Designado como C-95 A pela FAB,  pode comportar até 20 pára-quedistas.

EMB-110 P
Modelo comercial de alta densidade, desenvolvido para um melhor aproveitamento das linhas de terceiro nível, com capacidade para 18 passageiros, com bagageiro aumentado para um volume de 2,0 m3. Conta também com um compartimento para toilette com vaso sanitário higienizável.

EMB-110 P1
Possui as mesmas características do EMB-110 K1, para transporte de passageiros ou carga. Pode transportar até 20 passasseiros e pode ser transformado rapidamente em um cargueiro. A entrada e saída de passageiros é feita por uma porta/escada dianteira que abre para fora.

EMB-110 P1K
Modelo de conversão rápida do EMB-110 K1/C-95A com carga útil semelhante. Designado C-95B pela FAB.

EMB-110 P1 SAR
Versão SAR de socorro do C-95B, com acomodações para 6 macas.

EMB-110 P1A
Versão civil, com melhor isolamento acústico, diedro dos estabilizadores horizontais em 10º e outras alterações.

EMB-110 P2
Alongado para passageiros. É basicamente o mesmo modelo do EMB-110 K1, porém fabricado exclusivamente para o transporte de passageiros. Mantém a porta traseira "padrão" dos demais Bandeirantes, possuindo também a porta dianteira. Oferecido em duas configurações básicas, para 18 e 21 passageiros. Além de toillete isolado, pode ser equipado com uma pequena "galley", porta casacos e assento para a comissária. Possui também 3 saídas de emergência e amplo bagageiro de 2,0 m3, com capacidade para até 240 kg.

EMB-110 S1
Versão para sensoriamento remoto e prospecção geofísica, com maior volume de tanque interno na asa, sensores eletrônicos e uma haste de magnetômetro na cauda.

EMB-111 A
Versão militar destinada às missões de reconhecimento, busca e salvamento marítimo. O modelo leva no nariz um potente radar de busca (AN-APS-128), cuja antena é colocada em um radome especial, capaz de detectar uma pequena traineira de pesca, em mar agitado, a cerca de 100 km de distância. Operando com radar metereológico, o equipamento oferece um alcance de 370 km. Para buscas noturnas, possui um farol na asa direita de 50 milhões de candelas. Possui também tanques auxiliares nas pontas das asas, aumentando sua autonomia para mais de 10 horas de vôo. Foi projetado para oferecer aos 5 tripulantes o maior conforto possível nos vôos de longa duração. Foi designado como P-95 na FAB.

EMB-111 A/N
Mesma versão do modelo anterior, com substituição de alguns equipamentos e instalação de sistemas de degelo, fabricados a pedido da Marinha do Chile.

Clique na imagem para ampliar.

O Bandeirante no Flight Simulator... (parte 1)

O que você acha de pilotar o avião dos seus sonhos, sem restrições, sem medo de destruí-lo, indo para qualquer aeroporto do mundo, enfrentando situações climáticas em tempo real, sendo vetorado por controladores de vôo, voando de forma visual ou por instrumentos, enfrentando panes e situações de risco, recebendo um relatório completo do seu vôo, etc. Muito legal, não é? Pois é... hoje os entusiatas da aviação e profissionais da área já possuem tudo isso de forma simulada em seus computadores domésticos.
Com o rápido avanço da informática e dos softwares de simulação, qualquer um pode realizar seu sonho de pilotar (mesmo que virtualmente) uma aeronave com todas as etapas de um vôo real.
A aviação virtual vem crescendo muito nos últimos anos, principalmente após o ano de 1998, quando a Microsoft lançou a versão 98 do Flight Simulator, que melhorava consideravelmente a qualidade gráfica do software e trazia os primeiros recursos 3D, multiplayer e force-feedback para o simulador. Eu sou um entusiasta desde esta época e, em 2002 produzi meu primeiro cenário para o Flight Simulator do Aeroporto da Pampulha (SBBH) em Belo Horizonte, MG.
Em 1998, começaram a surgir os primeiros modelos mais detalhados do Emb-110 Bandeirante para o Flight Simulator 98, já com um painel detalhado e bastante funcional. Veja as imagens abaixo.




Porém, somente após 2002, surgiu o primeiro modelo de Bandeirante com um detalhamento impressionante (tanto no aspecto externo da aeronave, como no seu modelo de vôo). Este projeto ficou conhecido como "Projeto Rumba" e foi idealizado por um oficial da FAB, baseado em Fortaleza, CE.
Até hoje este é um dos modelos preferidos pelos aviadores virtuais devido ao alto grau de realismo.
Em seguida surgiram os modelos de J.E.Narcizo, com um visual externo mais leve e aprimorado e contemplando também o modelo P2 do Bandeirante e o Emb-111 "Bandeirulha" (descreveremos estes modelos na parte 2). Temos também o protótipo do CTA, produzido por J.R.Lucariny . Veja abaixo as imagens e o vídeo do modelo Rumba no Flight Simulator versão 2004.

  
Abaixo um vídeo de demonstração do Bandeirante
no Flight Simulator 2004

Vídeo 03: Checagem de pré-vôo de um Bandeirante da West Air (passo-a-passo).

Este é um vídeo muito interessante narrando  passo-a-passo a checagem de pré-vôo do Bandeirante da West Air (USA) destinado aos seus pilotos. A narração está em inglês.

Parte 1

Parte 2

Comparativo: Desempenho do Emb-110 Bandeirante em relação a outras aeronaves.

Este é um comparativo do modelo convencional com outras aeronaves de categorias semelhantes.
Iremos detalhar todos os modelos e a performance de cada modelo do Bandeirante mais adiante.
Incluímos também uma imagem compartiva das proporções do Bandeirante em relação a um Boeing 737.
Clique nas imagens para ampliar.



Abaixo as características do 1º Protótipo para comparação com os modelos atuais.

Portifólio original do Bandeirante IPD-6504.

Estas imagens foram extraídas do portifólio do projeto IPD-6504, elaborado antes da fundação da Embraer, quando ainda eram produzidos os protótipos no CTA (Centro Técnico de Aeronáutica).
O material foi curiosamente bem feito (para uma publicação da época), em capa platificada, com algumas folhas internas em papel vegetal e ilustrações unicamente em desenho. Confiram o material. (Clique nas imagens para ampliar).













Relação de todos os 499 Bandeirantes produzidos, mais os 3 protótipos.

Segue abaixo a listagem das aeronaves Bandeirante produzidas, incluindo os 3 protótipos construídos no CTA. Esta é a listagem original, porém muitas destas aeronaves já foram diversas vezes revendidas para outros operadores, desativadas e/ou acidentadas. Hoje, estão em operação, pouco mais da metade destas aeronaves produzidas, a grande maioria na Força Aérea Brasileira, que  possui um projeto para modernização do C95.

01 EMB-100 (PROT) 2130 YC-95 FORCA AEREA BRASILEIRA PRV

02 EMB-100 (PROT) 2131 YC-95 FORCA AEREA BRASILEIRA PRV
03 EMB-100 (PROT) PP-ZDF CNAE/INPE PRV

001 EMB-110 2133 C-95 FORCA AEREA BRASILEIRA BU
002 EMB-110 PT-ODK NORTE JET TAXI AEREO LTDA WO
003 EMB-110 2134 C-95 FORCA AEREA BRASILEIRA BU
004 EMB-110C PT-TBA NORDESTE LINHAS AEREAS WO
005 EMB-110C PT-TBB NORDESTE LINHAS AEREAS WO
006 EMB-110C PT-TBC TACEZUL-TAXI AEREO CEU AZUL WFU
007 EMB-110 2135 C-95 FORCA AEREA BRASILEIRA BU
008 EMB-110 2136 C-95 FORCA AEREA BRASILEIRA WFU
009 EMB-110C PP-SBA BRASIL CENTRAL WFU
010 EMB-110C PP-SBB TAM WO
011 EMB-110C PT-TBD TRANSBRASIL WO
012 EMB-110C PT-JHG NHR TAXI AEREO WFU
013 EMB-110C PP-SBC TAM WO
014 EMB-110 2137 C-95 FORCA AEREA BRASILEIRA BU
015 EMB-110 2138 C-95 FORCA AEREA BRASILEIRA BU
016 EMB-110C PT-EDO EXTREME TAXI AEREO LTDA
017 EMB-110C PT-TBE AEROTAXI POTY LTDA WFU
018 EMB-110C PT-TBF NORDESTE LINHAS AEREAS WO
019 EMB-110 PT-WBG ADMIRAL TAXI AEREO BU
020 EMB-110 2140 C-95 FORCA AEREA BRASILEIRA BU
021 EMB-110C PP-SBE VASP WO
022 EMB-110C PP-SEE VOTEC WFU
023 EMB-110C PP-SBF TAF LINHAS AEREAS WFU
024 EMB-110C PP-SBG TAM PRV
025 EMB-110C PP-EOO GOV DE RORAIMA WFU
026 EMB-110C PP-SBH TAM WO
027 EMB-110 2141 C-95 FORCA AEREA BRASILEIRA BU
028 EMB-110 2142 C-95 FORCA AEREA BRASILEIRA BU
029 EMB-110 2143 C-95 FORCA AEREA BRASILEIRA
030 EMB-110C PP-SBI EMBRAER PRV
031 EMB-110E PT-LDD REGIONAL TAXI AEREO
032 EMB-110E PP-EMG GOV DE MINAS GERAIS
033 EMB-110F PT-LBU TAF LINHAS AEREAS WFU
034 EMB-110 PT-ODJ APUI LINHAS AEREAS
035 EMB-110 PT-ODG TRANSPORTES AEREOS PRESIDENTE WFU
036 EMB-110 2146 C-95 FORCA AEREA BRASILEIRA
037 EMB-110C PP-SBJ OESTE REDES AEREAS WO
038 EMB-110C PP-EON GOV DE RORAIMA WFU
039 EMB-110 PT-ODY APUI LINHAS AEREAS
040 EMB-110 PT-MFN ABAETE LINHAS AEREAS
041 EMB-110 PT-WCM NHR TAXI AEREO
042 EMB-110 2150 C-95 FORCA AEREA BRASILEIRA
043 EMB-110 2151 C-95 FORCA AEREA BRASILEIRA
044 EMB-110 PT-WAP RIO BRANCO AERO TAXI
045 EMB-110 PT-WBR CRUISER TAXI AEREO
046 EMB-110C PT-GJB EL SHADDAY WFU
047 EMB-110C PT-LGB SELVA TAXI AEREO WFU
048 EMB-110 PT-WAV HELISUL LINHAS AEREAS WO
049 EMB-110C PT-GJG VOTEC WFU
050 EMB-110C PT-GJH TRANSPORTES AEREOS PRESIDENTE WFU
051 EMB-110 PT-WDB RICO LINHAS AEREAS S/A
052 EMB-110 2155 C-95 FORCA AEREA BRASILEIRA
053 EMB-110 2156 C-95 FORCA AEREA BRASILEIRA
054 EMB-110 PT-MFS AEROTAXI ABAETE
055 EMB-110E PT-GJC RICO LINHAS AEREAS S/A
056 EMB-110E PT-GJD TAF LINHAS AEREAS
057 EMB-110 2157 C-95 FORCA AEREA BRASILEIRA WO
058 EMB-110 PT-MFO AEROTAXI ABAETE
059 EMB-110E PT-LFW TAXI AEREO RIO AMAZONAS LTDA WFU
060 EMB-110 2161 C-95 FORCA AEREA BRASILEIRA
061 EMB-110 2162 C-95 FORCA AEREA BRASILEIRA
062 EMB-110E
063 EMB-110P PT-GJN TABA WO
064 EMB-110 2164 C-95 FORCA AEREA BRASILEIRA
065 EMB-110E PT-GJP TOTAL LINHAS AEREAS WFU
066 EMB-110 PT-WAM CORRETA TURISMO WFU
067 EMB-110 2165 C-95 FORCA AEREA BRASILEIRA
068 EMB-110 2166 C-95 FORCA AEREA BRASILEIRA
069 EMB-110E PT-FDL GOV DO AMAPA WFU
070 EMB-110E PT-GJR TAXI AEREO ITAITUBA
071 EMB-110 PT-WAK NHR TAXI AEREO WO
072 EMB-110E PT-GJW RICO LTDA WO
073 EMB-110 2168 C-95 FORCA AEREA BRASILEIRA WO
074 EMB-110E PT-FRE DNER WFU
075 EMB-110 2169 C-95 FORCA AEREA BRASILEIRA WO
076 EMB-110C CX-BJJ T580 FUERZA AEREA URUGUAYA
077 EMB-110 2170 C-95 FORCA AEREA BRASILEIRA
078 EMB-110 2171 C-95 FORCA AEREA BRASILEIRA
079 EMB-110C CX-BJK T581 FUERZA AEREA URUGUAYA WO
080 EMB-110 2172 C-95 FORCA AEREA BRASILEIRA
081 EMB-110C CX-BJB T582 FUERZA AEREA URUGUAYA BU
082 EMB-110C CX-BJC T583 FUERZA AEREA URUGUAYA
083 EMB-110C CX-BJE T584 FUERZA AEREA URUGUAYA WO
084 EMB-110P PT-GJQ TABA BU
085 EMB-110P PT-GJS TABA WFU
086 EMB-110P PT-GJT TABA WFU
087 EMB-110E PT-GJY PURUS AEROTAXI WO
088 EMB-110E PT-GJZ VOTEC WO
089 EMB-110P PT-GJU TABA BU
090 EMB-110C PT-GKA NORDESTE LINHAS AEREAS WO
091 EMB-110P CU-T1108 AEROTAXI
092 EMB-110P PT-GKC RIO-SUL WO
093 EMB-110 PT-WDS FLY BRAZIL TAXI AEREO LTDA WFU
094 EMB-110 PT-WDM HERCULES TAXI AEREO
095 EMB-110 2175 C-95 FORCA AEREA BRASILEIRA
096 EMB-110B1 PT-GKE APUI LINHAS AEREAS
097 EMB-110A 2176 EC-95 FORCA AEREA BRASILEIRA
098 EMB-110P CU-T1110 AEROTAXI WO
099 EMB-110A 2177 C-95 FORCA AEREA BRASILEIRA
100 EMB-110A 2178 C-95 FORCA AEREA BRASILEIRA
101 EMB-110C(N) 107 ARMADA CHILENA PRV
102 EMB-110C(N) 108 ARMADA CHILENA
103 EMB-110 PT-TAF TAF LINHAS AEREAS
104 EMB-110 PT-WTL KOMODORO TAXI AEREO
105 EMB-110 PT-MFP AEROTAXI ABAETE
106 EMB-110P PT-GKI TRANSPORTES AEREOS PRESIDENTE WFU
107 EMB-110P PT-GKL VOTEC WO
108 EMB-110C(N) 109 ARMADA CHILENA WFU
109 EMB-110 2182 C-95 FORCA AEREA BRASILEIRA WO
110 EMB-110 2183 C-95 FORCA AEREA BRASILEIRA
111 EMB-110P PT-GKM AMAZONIA LINHAS AEREAS BU
112 EMB-110S1 PT-GKJ TAUARY WFU
113 EMB-110 PT-WDC RICO LINHAS AEREAS S/A WFU
114 EMB-110 2185 C-95 FORCA AEREA BRASILEIRA WO
115 EMB-110E PT-FRF POLICIA FEDERAL
116 EMB-110P CU-T1109 AEROTAXI
117 EMB-110 PT-WDP KOMODORO TAXI AEREO WFU
118 EMB-110 2187 C-95 FORCA AEREA BRASILEIRA
119 EMB-110E PT-GKO AEROTAXI ABAETE
120 EMB-110E PT-GKP TAVAJ LINHAS AEREAS WFU
121 EMB-110 PT-MFQ ABAETE LINHAS AEREAS
122 EMB-110 PT-WAW NHR TAXI AEREO
123 EMB-110A 2190 C-95 FORCA AEREA BRASILEIRA
124 EMB-110A 2191 C-95 FORCA AEREA BRASILEIRA
125 EMB-110P PT-GKQ TAXI AEREO WEISS
126 EMB-110P PT-GKR BRASIL CENTRAL WO
127 EMB-110P PT-GKS META MESQUITA TAXI AEREO BU
128 EMB-110P PT-GKW TABA WO
129 EMB-110P PT-GKX APUI LINHAS AEREAS
130 EMB-110P PT-GKT RIO-SUL WO
131 EMB-110P PT-GKU VOTEC WFU
132 EMB-110P PT-GKV TABA BU
133 EMB-110B 2240 R-95 FORCA AEREA BRASILEIRA
134 EMB-110B 2241 R-95 FORCA AEREA BRASILEIRA
135 EMB-110B 2242 R-95 FORCA AEREA BRASILEIRA
136 EMB-110P CU-T1542 AEROTAXI
137 EMB-110P PT-GKZ TABA WFU
138 EMB-110B 2243 R-95 FORCA AEREA BRASILEIRA WO
139 EMB-110K1 2280 C-95A FORCA AEREA BRASILEIRA
140 EMB-110B 2244 R-95 FORCA AEREA BRASILEIRA
141 EMB-110B 2245 R-95 FORCA AEREA BRASILEIRA
142 EMB-111 7050 P-95A FORCA AEREA BRASILEIRA
143 EMB-110K1 2283 C-95A FORCA AEREA BRASILEIRA
144 EMB-110 PT-GLB VOTEC WO
145 EMB-110P PT-GLC TAVAJ LINHAS AEREAS WFU
146 EMB-110P2 HR-IAV ISLENA AIRLINES
147 EMB-111 261 ARMADA CHILENA PRV
148 EMB-110K1 2281 C-95A FORCA AEREA BRASILEIRA
149 EMB-110K1 2282 C-95A FORCA AEREA BRASILEIRA
150 EMB-111 262 ARMADA CHILENA
151 EMB-111 7051 P-95A FORCA AEREA BRASILEIRA
152 EMB-110K1 2284 C-95A FORCA AEREA BRASILEIRA
153 EMB-110P2 HR-IAA ISLENA AIRLINES WFU
154 EMB-111 263 ARMADA CHILENA
155 EMB-111 7052 P-95A FORCA AEREA BRASILEIRA
156 EMB-110P2 HR-IAB ISLENA AIRLINES BU
157 EMB-110P2 VH-FNP REGIONAL LINK
158 EMB-111 264 ARMADA CHILENA
159 EMB-111 7053 P-95 FORCA AEREA BRASILEIRA WO
160 EMB-110K1 2285 C-95A FORCA AEREA BRASILEIRA
161 EMB-110P2 OY-BHT SCAN CON TRAVEL
162 EMB-111 265 ARMADA CHILENA
163 EMB-111 7054 P-95 FORCA AEREA BRASILEIRA WO
164 EMB-110K1 2286 C-95A FORCA AEREA BRASILEIRA
165 EMB-110P1
166 EMB-111 266 ARMADA CHILENA
167 EMB-111 7055 P-95A FORCA AEREA BRASILEIRA
168 EMB-110K1 2287 C-95A FORCA AEREA BRASILEIRA
169 EMB-110K1 2288 C-95A FORCA AEREA BRASILEIRA
170 EMB-110K1 2289 C-95A FORCA AEREA BRASILEIRA
171 EMB-111 7056 P-95A FORCA AEREA BRASILEIRA
172 EMB-110K1 2290 C-95A FORCA AEREA BRASILEIRA WO
173 EMB-110K1 2291 C-95A FORCA AEREA BRASILEIRA
174 EMB-110K1 2292 C-95A FORCA AEREA BRASILEIRA WO
175 EMB-110K1 2293 C-95A FORCA AEREA BRASILEIRA
176 EMB-110K1 2294 C-95A FORCA AEREA BRASILEIRA
177 EMB-110K1 2295 C-95A FORCA AEREA BRASILEIRA WO
178 EMB-110K1 2296 C-95A FORCA AEREA BRASILEIRA
179 EMB-111 7057 P-95A FORCA AEREA BRASILEIRA
180 EMB-110K1 2297 C-95A FORCA AEREA BRASILEIRA
181 EMB-110K1 2298 C-95A FORCA AEREA BRASILEIRA
182 EMB-111 7058 P-95A FORCA AEREA BRASILEIRA
183 EMB-110K1 2299 C-95A FORCA AEREA BRASILEIRA
184 EMB-110P2 ZK-REX TRANZAIR WFU
185 EMB-111 7059 P-95A FORCA AEREA BRASILEIRA
186 EMB-110P2 C9-AUH SABIN AIR WO
187 EMB-110B1 CX-BKF T585 FUERZA AEREA URUGUAYA
188 EMB-111 7060 P-95A FORCA AEREA BRASILEIRA
189 EMB-110P2 PT-GLK TABA BU
190 EMB-110P2 DQ-
191 EMB-111 7061 P-95A FORCA AEREA BRASILEIRA
192 EMB-110P1 XC-COX TRANSPORTE AEREO FEDERAL WO
193 EMB-110P2 XT-ABJ AIR BURKINA
194 EMB-110P2 VH-UQC AIRLINK PTY LTD BU
195 EMB-110P1 ZS-OUM NATURELINK WEST AFRICA
196 EMB-110P2 5Y-BPH KNIGHT AVIATION
197 EMB-110P2 BU
198 EMB-110P1 C6-CAB CAT ISLAND AIR
199 EMB-110P2 G-OBPL COMED AVIATION BU
200 EMB-110P2 OY-BNM EXECAIR BU
201 EMB-110P2 VH-OZF AVTEX AIR SERVICES
202 EMB-110P1 N102WJ BOB RUHE AG SERVICE INC WFU
203 EMB-110P1 N101WJ SPECIAL AVIATION SV AIR CARGO
204 EMB-110P1 N103VA MARTA CORP
205 EMB-110P1 N830AC AIRNOW (BUSINESS AIR)
206 EMB-110P1 HK-2651 EL VENADO WO
207 EMB-110P1 BU
208 EMB-110P1 P2-ALT AIRLINK PTY LTD
209 EMB-110P2 N121GA BUSINESS AIR INC WFU
210 EMB-110P2 P2-ALX AIRLINK PTY LTD WO
211 EMB-110P1 BUSINESS AIR INC BU
212 EMB-110P1 G-TABS SKYDRIFT
213 EMB-110P2 N808GA GENERAL AVIATION SERVICES
214 EMB-110P1 AEROMIL EXECUTIVE AIRLINES OO
215 EMB-110P1 G-FLTY AIR CALEDONIAN
216 EMB-110P2 PT-GMI TABA WFU
217 EMB-110P1 G-ODUB COMED AVIATION
218 EMB-110P1 N127JM SPECIAL AVIATION SV AIR CARGO
219 EMB-110P1 ZS-OOZ NATURELINK WEST AFRICA
220 EMB-110P1 N101RA SPECIAL AVIATION SV AIR CARGO
221 EMB-110P1 VH-KGQ KING ISLAND AIRLINES
222 EMB-110P1 N855AC TAINO AIRWAYS
223 EMB-110P1 G-LOOT TECH AIR BU
224 EMB-110P2 ZS-PCY T.M. BENGIS OO
225 EMB-110P1 P2-ALR AIRLINK PTY LTD
226 EMB-110P1 OH-EBA WASAWINGS WO
227 EMB-110P1 P2-ALY AIRLINK PTY LTD BU
228 EMB-110P1 N7801Q AIRNOW (BUSINESS AIR)
229 EMB-110P2 HS-SKL SAHAKOL AIR WO
230 EMB-110P1
231 EMB-110P2 N865AC PACESTAR WFU
232 EMB-110P1 P2-ALU AIRLINK PTY LTD
233 EMB-110P1 P2-ALZ AIRLINK PTY LTD
234 EMB-110P1 G-BGYT KEENAIR CHARTER
235 EMB-110P1 G-OHIG ASPIRIAN AIRCHARTER BU
236 EMB-110P1 P2-ALV AIRLINK PTY LTD
237 EMB-110P1 P2-SWF SOUTHWEST AIR
238 EMB-110P1
239 EMB-110P1 ZK-FTS AIR RAROTONGA
240 EMB-110P1 N692RA SOUTHERN EXPRESS BU
241 EMB-110P1 VH-OZG AVTEX AIR SERVICES WO
242 EMB-110P1 XC-DAK IMSS WO
243 EMB-110P2 INST DE RESEGUROS DO BRASIL
244 EMB-110P1 PT-OHE TABA WFU
245 EMB-110P2 VH-UQA AUSTRALIAN EAST COAST
246 EMB-110K1 2300 C-95B FORCA AEREA BRASILEIRA
247 EMB-110K1 2301 C-95B FORCA AEREA BRASILEIRA
248 EMB-110P1 ZK-KML EAGLE AIRWAYS BU
249 EMB-110P1 C6-CAH CAT ISLAND AIR
250 EMB-110P1 N710NH AIRNOW (BUSINESS AIR)
251 EMB-110P1
252 EMB-110P2 G-NBAC WFU
253 EMB-110P1 P2-ALS AIRLINK PTY LTD
254 EMB-110P1 TAG-TAXI AEREO GERAL OO
255 EMB-110K1 2302 C-95B FORCA AEREA BRASILEIRA WO
256 EMB-110P1 G-OEAA KNIGHT AIR WO
257 EMB-110P1 N560GA GENERAL AVIATION SERVICES
258 EMB-110P1 CX-VIP AIR CLASS LINEAS AEREAS
259 EMB-110P1 C-FYRH AIR CREEBEC
260 EMB-110P1 C-FEAS AVIATION QUEBEC LABRADOR LTEE
261 EMB-110P1 VH-BWC ISLAND AIR SERVICES
262 EMB-110P2 P2-RDM TALAIR WO
263 EMB-110P1 OY-MUA MUK AIR BU
264 EMB-110K1 2303 C-95B FORCA AEREA BRASILEIRA
265 EMB-110P1 PT-WJA RICO LINHAS AEREAS S/A
266 EMB-110P1
267 EMB-110P1 ZK-ERU EAGLE AIRWAYS WFU
268 EMB-110P1 TR-KMA FORCES AERIENNES GABONAISES
269 EMB-110K1 2304 C-95B FORCA AEREA BRASILEIRA
270 EMB-110P1 G-BHJZ WILLOW AIR
271 EMB-110P1 N101TN AIRNOW (BUSINESS AIR)
272 EMB-110P1 C-FSKJ SKYWARD AVIATION LTD
273 EMB-110P1 PT-OCW APUI LINHAS AEREAS
274 EMB-110P1 ZK-REV REX AVIATION WO
275 EMB-110P1 N731A BAC CHARTER WO
276 EMB-110P1(K) 2305 C-95B FORCA AEREA BRASILEIRA
277 EMB-110P1 C-GHOY SKYCRAFT AIR TRANSPORT
278 EMB-110P1 N790RA AIRNOW (BUSINESS AIR)
279 EMB-110P1 N693RA BU
280 EMB-110P1 N694RA BU
281 EMB-110P1 P2-ALW AIRLINK PTY LTD
282 EMB-110P1(K) 2306 C-95B FORCA AEREA BRASILEIRA
283 EMB-110P1
284 EMB-110B1 PP-FFV CNAE/INPE
285 EMB-110P1 C-GVRO SOWIND AIR WO
286 EMB-110P1 AEROMIL EXECUTIVE AIRLINES OO
287 EMB-110P1 N360CL CAT ISLAND AIR BU
288 EMB-110P1 C6-PDX PACKAGE DELIVERY EXPRESS
289 EMB-110P1(K) 2315 XC-95B FORCA AEREA BRASILEIRA WO
290 EMB-110P1 BU
291 EMB-110P1(K) 2307 EC-95B FORCA AEREA BRASILEIRA
292 EMB-110P2 DQ-WBI AIR FIJI LTD
293 EMB-110P1 YV-247C RUTACA
294 EMB-110P1 G-HGGS EUROAIR TRANSPORT WO
295 EMB-110P2 PT-SCD TRANSPORTES AEREOS PRESIDENTE
296 EMB-110P1 PT-SCE CHESF
297 EMB-110P1 TR-KNB FORCES AERIENNES GABONAISES
298 EMB-110P1 VH-BQB AIR SOUTH CHARTER
299 EMB-110P1(K) 2308 C-95B FORCA AEREA BRASILEIRA
300 EMB-110P2 P2-RDL TALAIR WO
301 EMB-110P1 N49BA AIRNOW (BUSINESS AIR) WO
302 EMB-110P1 HK-2593 AIRES WO
303 EMB-110P2 ZA-ADA ADA AIR ALBANIA
304 EMB-110P1 C6-CAP CAT ISLAND AIR
305 EMB-110P1
306 EMB-110P1(K) 2309 C-95B FORCA AEREA BRASILEIRA
307 EMB-110P2 DQ-YES AIR FIJI LTD
308 EMB-110P1 OY-ASY SCAN CON TRAVEL
309 EMB-110P1 PT-FAS FUNAI
310 EMB-110P1 HK-2594 AIRES WO
311 EMB-110P1 ZS-OWO NATURELINK WEST AFRICA WO
312 EMB-110P1 N102TN BEASON SIMONS WFU
313 EMB-110P1 TG-TPA TAPSA WO
314 EMB-110P1 PT-SCU NORDESTE LINHAS AEREAS WO
315 EMB-110P1 PT-LRR APARTE TAXI AEREO BU
316 EMB-110P1 PT-OCX TAVAJ LINHAS AEREAS WFU
317 EMB-110P1(K) 2310 C-95B FORCA AEREA BRASILEIRA WO
318 EMB-110P2 N24AN BUSINESS AIR INC BU
319 EMB-110P1 PT-SCY CODAGRO
320 EMB-110P1(K) 2311 C-95B FORCA AEREA BRASILEIRA
321 EMB-110P1 N123HY AIR SUNSHINE INC
322 EMB-110P1 N97BA AIRNOW (BUSINESS AIR)
323 EMB-110P1 PT-SDB TAXI AEREO PINHAL
324 EMB-110P1 N75CZ COMAIR INC BU
325 EMB-110P1 YV-245C RUTACA WFU
326 EMB-110P1(K) 2312 C-95B FORCA AEREA BRASILEIRA
327 EMB-110P1 N327AB WFU
328 EMB-110P1 AIR FIJI LTD
329 EMB-110P1 ZS-PDC T.M. BENGIS OO
330 EMB-110P1 N95PB SOUTHERN EXPRESS WO
331 EMB-110P1 C-FSKR SKYWARD AVIATION LTD
332 EMB-110P1(K) 2313 C-95B FORCA AEREA BRASILEIRA
333 EMB-110P2 F-GDCI KYRNAIR
334 EMB-110P1 N97121 FLIGHT LINE INC WFU
335 EMB-110P1 N621KC AIRNOW (BUSINESS AIR)
336 EMB-110P1
337 EMB-110P1(K) 2314 C-95B FORCA AEREA BRASILEIRA
338 EMB-110P1
339 EMB-110P1
340 EMB-110P1 C-FPCM AIR CREEBEC
341 EMB-110P1 HK-2638 AIRES WO
342 EMB-110P1 C-GPCQ PACIFIC COASTAL AIRLINES
343 EMB-110P1 PT-LGN SELVA TAXI AEREO WO
344 EMB-110P1 PP-ERN GOV DO RIO GRANDE DO NORTE
345 EMB-110P1 AEROMIL EXECUTIVE AIRLINES OO
346 EMB-110P1 PT-LNW META MESQUITA TAXI AEREO
347 EMB-110P1 VH-CEG AIRNORTH REGIONAL
348 EMB-110P1 N57DA SPECIAL AVIATION SV AIR CARGO
349 EMB-110P1(K-SAR) 6542 SC-95B FORCA AEREA BRASILEIRA
350 EMB-110P1 N34A ROYAL AIR FREIGHT
351 EMB-110P1 N83BA AIRNOW (BUSINESS AIR)
352 EMB-110P1 PT-SEA MANAUS AEROTAXI
353 EMB-110P1 ZS-PDA T.M. BENGIS OO
354 EMB-110P1 N102EB SPECIAL AVIATION SV AIR CARGO
355 EMB-110P1 P2-RDS TALAIR WO
356 EMB-110P1(K-SAR) 6543 SC-95B FORCA AEREA BRASILEIRA
357 EMB-110P1 N79CZ COMAIR INC WFU
358 EMB-110P1 N78CZ WFU
359 EMB-110P1 PT-OCV RICO LINHAS AEREAS S/A
360 EMB-111 TR-KNC FORCES AERIENNES GABONAISES
361 EMB-110P1(K-SAR) 6544 SC-95B FORCA AEREA BRASILEIRA
362 EMB-110P1
363 EMB-110P1 YV-246C RUTACA
364 EMB-110P1 AEROMIL EXECUTIVE AIRLINES OO
365 EMB-110P1 N96PB PROVINCETOWN & BOSTON AIRLINE WO
366 EMB-110P1 HK-2743 TAVINA WO
367 EMB-110P1(K-SAR) 6545 SC-95B FORCA AEREA BRASILEIRA
368 EMB-110P1 PT-FAW SUDENE WO
369 EMB-110P1 G-OCSZ WILLOW AIR BU
370 EMB-110P1 N1356P SIMMONS AIRLINES WO
371 EMB-110P1 HP-1201APP AEROPERLAS
372 EMB-110P1 N31AN AIRNOW (BUSINESS AIR)
373 EMB-110P1 C-GANR WFU
374 EMB-110P1(K-SAR) 6546 SC-95B FORCA AEREA BRASILEIRA
375 EMB-110P1 HP-1202C ALAS CHIRICANAS WO
376 EMB-110P1 YV-248C RUTACA
377 EMB-110P1 N72RA ROYAL AIR FREIGHT
378 EMB-110P1 ZK-TZL CITY JET WFU
379 EMB-110P1 AEROMIL EXECUTIVE AIRLINES OO
380 EMB-110P1 HK-2741 AIRES WFU
381 EMB-110P1 S9-DAI ISLAND OIL EXPORATION
382 EMB-110P1 YV-249C RUTACA
383 EMB-110P1 C-FPCX PACIFIC COASTAL AIRLINES
384 EMB-110P1 PT-LRJ TAVAJ LINHAS AEREAS WFU
385 EMB-110P1 N64DA ROYAL AIR FREIGHT
386 EMB-110P1 EP-TPK PAYAM AIRLINE
387 EMB-110P1 ZK-TAI AIR RAROTONGA WFU
388 EMB-110P1 N62CZ AIRNOW (BUSINESS AIR)
389 EMB-110P1 N65DA ATLANTIC SOUTHEAST AIRLINES WO
390 EMB-110P1(K) 2316 C-95B FORCA AEREA BRASILEIRA
391 EMB-110P1 G-ZAPE TITAN AIRWAYS WO
392 EMB-110P1 PT-LLD CRUISER TAXI AEREO
393 EMB-110P1 CX-MAS AEROMAS
394 EMB-110P1 TAG-TAXI AEREO GERAL OO
395 EMB-110P1 HR-AQG AEROLINEAS SOSA
396 EMB-110P1 N59BA AIRNOW (BUSINESS AIR)
397 EMB-110P1 C-FLKB KENN BOREK AIR
398 EMB-110P1 HP-1012AC ALAS CHIRICANAS
399 EMB-110P1 N64CZ AIRNOW (BUSINESS AIR)
400 EMB-110P1 C-GFKB KENN BOREK AIR
401 EMB-110P2 PT-SFS TAXI AEREO WEISS
402 EMB-110P1 ZS-LGP MMABATHO AIR SERVICEE WO
403 EMB-110P1 YV-787C RUTACA
404 EMB-110P1 N51BA AIRNOW (BUSINESS AIR)
405 EMB-110P1 C-FPCO PACIFIC COASTAL AIRLINES
406 EMB-110P1 HK-2856 AIRES WFU
407 EMB-110P1 VH-TLH AEROPELICAN AIR SERVICES
408 EMB-110P1 N905FB
409 EMB-110P1 PT-LRB TAVAJ LINHAS AEREAS WFU
410 EMB-110P1 DQ-LCM AIR FIJI LTD
411 EMB-110P1 N904FB
412 EMB-110P1 TAG-TAXI AEREO GERAL OO
413 EMB-110P1A N73RA ROYAL AIR FREIGHT
414 EMB-110P1 HK-3195 AIRES WO
415 EMB-110P1 PT-LRA DISRI-DIST COM PROD ALIM LTDA WFU
416 EMB-110P1 DQ-AFN AIR FIJI LTD WO
417 EMB-110P1 DQ-TLC AIR FIJI LTD
418 EMB-110P1 PT-LTN TAVAJ LINHAS AEREAS WFU
419 EMB-110P1 DQ-AFO AIR FIJI LTD
420 EMB-110P1 PT-SGM TAG-TAXI AEREO GERAL WFU
421 EMB-110P1 N104EB AEROLINK AIR SERVICES BU
422 EMB-110P1 VH-LNC AIRNORTH REGIONAL WFU
423 EMB-110P1 EP-TPL PAYAM AIRLINE
424 EMB-110P1A N49RA ROYAL AIR FREIGHT
425 EMB-110P1 N118GA GENERAL AVIATION SERVICES WFU
426 EMB-110P1 AEROLINK AIR SERVICES
427 EMB-110P1 PT-LLC PENTA-PENA TRANSP AEREOS S/A
428 EMB-110P1 PT-LRE CORRETA TURISMO
429 EMB-110P1(K) 2317 C-95B FORCA AEREA BRASILEIRA
430 EMB-110P1(K) 2318 C-95B FORCA AEREA BRASILEIRA
431 EMB-110P1(K) 2319 C-95B FORCA AEREA BRASILEIRA
432 EMB-110P1(K) 2320 C-95B FORCA AEREA BRASILEIRA
433 EMB-110P1 2321 C-95B FORCA AEREA BRASILEIRA WO
434 EMB-110P1(K) 2322 C-95B FORCA AEREA BRASILEIRA WO
435 EMB-110P1(K) 2323 C-95B FORCA AEREA BRASILEIRA
436 EMB-110P1
437 EMB-110P1(K) 2324 C-95B FORCA AEREA BRASILEIRA WO
438 EMB-110P1A EP-TPI PAYAM AIRLINE
439 EMB-110P1A ZS-OZJ
440 EMB-110P1(K) 2325 C-95B FORCA AEREA BRASILEIRA
441 EMB-110P1A VH-LNB AIRNORTH REGIONAL
442 EMB-110P1A EP-TPJ PAYAM AIRLINE
443 EMB-110P1(K) 2326 C-95B FORCA AEREA BRASILEIRA
444 EMB-110P1A C-GBBR WFU
445 EMB-110P1A C-FPCU AIR CREEBEC
446 EMB-110P1A 5N-AXM EXPRESS AIRWAYS NIGERIA LTD WO
447 EMB-110P1A VH-MWF AEROLINK AIR SERVICES
448 EMB-110P1A ZK-TAK AIR RAROTONGA
449 EMB-110P1A 5N-AXK SOBEL AIR GHANA
450 EMB-110P1(K) 2327 EC-95B FORCA AEREA BRASILEIRA
451 EMB-110P1A N36AN AIRNOW (BUSINESS AIR)
452 EMB-110P1(K) 2328 EC-95B FORCA AEREA BRASILEIRA
453 EMB-110P1A EP-TPH PAYAM AIRLINE
454 EMB-110P1(K) 2329 C-95B FORCA AEREA BRASILEIRA
455 EMB-110P1A 5N-AXL EXPRESS AIRWAYS NIGERIA LTD WO
456 EMB-110P1A N42AN AIRNOW (BUSINESS AIR)
457 EMB-110P1(K) 2330 C-95B FORCA AEREA BRASILEIRA
458 EMB-110P1A 5N-AXS EXPRESS AIRWAYS NIGERIA LTD WO
459 EMB-110P1A 5N-AXR SOBEL AIR GHANA
460 EMB-110P1A PT-SHN GENSA-GENERAL SERVICOS AEREOS
461 EMB-110P1A PT-SHO FURNAS CENTRAIS ELETRICAS
462 EMB-110P1A PT-SHP CHESF
463 EMB-110P1A PT-SRM MINERACAO SAO RAIMUNDO
464 EMB-110P1A PT-SHR CHESF
465 EMB-110P1A D2-EUT GAB APROV DO MEDIO KUANZA WFU
466 EMB-110P1A PT-SHU CEMIG
467 EMB-110P1A D2-EUN GAB APROV DO MEDIO KUANZA WFU
468 EMB-110P1A PP-EIX GOV DO AMAPA
469 EMB-110P1A PT-SHX TABA
470 EMB-110 PT-SHY NHR TAXI AEREO
471 EMB-110P1(K) 2331 EC-95C FORCA AEREA BRASILEIRA
472 EMB-110P1(K) 2332 C-95C FORCA AEREA BRASILEIRA
473 EMB-110P1(K) 2333 C-95C FORCA AEREA BRASILEIRA WO
474 EMB-111 7100 P-95B FORCA AEREA BRASILEIRA
475 EMB-110P1(K) 2337 C-95C FORCA AEREA BRASILEIRA
476 EMB-110P1(K) 2334 EC-95C FORCA AEREA BRASILEIRA
477 EMB-110P1(K) 2335 C-95C FORCA AEREA BRASILEIRA
478 EMB-110P1(K) 2336 EC-95C FORCA AEREA BRASILEIRA
479 EMB-110 FAC-03 GUARDA COSTEIRA DE CABO VERDE
480 EMB-110P1(K) 2338 C-95C FORCA AEREA BRASILEIRA
481 EMB-110P1(K) 2339 C-95C FORCA AEREA BRASILEIRA
482 EMB-110P1(K) 2340 C-95C FORCA AEREA BRASILEIRA
483 EMB-111A 7101 P-95B FORCA AEREA BRASILEIRA
484 EMB-110P1(K) 2341 C-95C FORCA AEREA BRASILEIRA
485 EMB-110P1(K) 2342 C-95C FORCA AEREA BRASILEIRA
486 EMB-110 PT-SOF PENTA-PENA TRANSP AEREOS S/A
487 EMB-111A 7102 P-95B FORCA AEREA BRASILEIRA WO
488 EMB-111A 7103 P-95B FORCA AEREA BRASILEIRA
489 EMB-111A 7104 P-95B FORCA AEREA BRASILEIRA
490 EMB-110P1A PT-SOG GENSA-GENERAL SERVICOS AEREOS
491 EMB-111A 7105 P-95B FORCA AEREA BRASILEIRA
492 EMB-111A EMBRAER
493 EMB-111A 7106 P-95B FORCA AEREA BRASILEIRA
494 EMB-110P1A FAC1270 FUERZA AEREA COLOMBIANA
495 EMB-111A 7107 P-95B FORCA AEREA BRASILEIRA
496 EMB-110P1A FAC1271 FUERZA AEREA COLOMBIANA
497 EMB-111A 7108 P-95B FORCA AEREA BRASILEIRA
498 EMB-110P1A PP-EAM GOV DO AMAZONAS WO
499 EMB-111A 7109 P-95B FORCA AEREA BRASILEIRA

O Bandeirante nos Correios...

Nosso "bandeco" já foi estampa de selos dos Correios (nacional e internacional), ilustrou cartões postais, etc. Veja alguns exemplos nas imagens abaixo.


Este selo data de 1969, no início da Embraer.


Estes foram selos publicados no exterior.



Acima, um dos muitos postais que circularam do Bandeirante.

O Bandeirante em maquetes...

Quem não gosta de maquetes? Pois é... o "bandeco" também tem seus exemplares em belíssimas maquetes em fibra e madeira. Separamos 2 modelos para vocês conhecerem.



O Bandeirante no plastimodelismo...

Uma das coisas que encanta um entusiasta da aviação, são os modelos miniaturizados de aeronaves (quando bem montados, é claro). O plastimodelismo tras um prazer singular, quando temos bons kits (em boas escalas), de montarmos uma aeronave parte por parte, nos seus mínimos detalhes. Em uma de minhas pesquisas pela net, encontrei este belo modelo da Liberty na escala 1/72 e um projeto belíssimo no fórum da Webkits.
Achar um kit de plastimodelo do Bandeirante não é uma tarefa fácil...
Infelizmente, quando voltei ao link, este não funcionava mais e fiquei sem o nome do autor deste minucioso trabalho. Portanto, quem souber, por favor poste no comentário para atribuirmos a pessoa correta os devidos créditos desta montagem.
Acompanhem esta sequência de fotos do processo de montagem do modelo C95 A do 4º E.T.A. da FAB e seu resultado final. (Clique nas imagens para ampliar)








Mais alguns modelos prontos em resina: