Bandeirante modernizado realiza o seu primeiro vôo...

O C-95 Bandeirante modernizado da FAB taxiando na pista do Campo dos Afonsos, no Rio de Janeiro. (Foto: Aeroeletronica)

No dia 14 de dezembro de 2010, foi realizado no Campo dos Afonsos, RJ o primeiro voo de uma aeronave C-95 (EMB-110) Bandeirante modernizada da Força Aérea Brasileira, equipada com modernos aviônicos desenvolvidos pela Aeroeletrônica.
A aeronave passou por um processo de modernização, no qual recebeu vários novos sistemas desenvolvidos pela subsidiária da Elbit Systems de Israel. A Aeroeletronica incluiu a integração de duas novas telas multifuncionais para cada um dos pilotos, além de um mapa digital e a troca dos equipamentos de comunicação e navegação.



O modernizado cockpit do Bandeirante da FAB com destaque para as telas multifincionais para os dois pilotos. (Foto: Aeroeletronica)

“Esses novos e modernos sistemas aviônicos são destinados para atender aos altos padrões de aeronaves novas, especialmente na questões de segurança de voo e no desempenho em missões com condições meteorológicas adversas,” informa a Elbit.

A Força Aérea Brasileira possui uma frota ativa de 96 aeronaves Bandeirantes, encarregadas das tarefas de transporte, além da versão P-95 utilizada para patrulha marítima, e outras versões de guerra eletrônica, reconhecimento e busca e salvamento.
Segundo a Elbit, o novo cockpit melhorado aumentará a segurança e o desempenho nas missões executadas pelas aeronaves que estão na FAB desde a década de 80.
“Nós acredtiamos que adicionais clientes internacionais devem executar programas de modernizações similares aos executados pela FAB,” disse o vice-presidente operacional da Aeroeletronica, Vitor Jaime Neves, num comunicado divulgado pela Elbit.

Bandeirantes no hangar de montagem dos novos equipamentos.

Os outros operadores do modelo EMB-110 Bandeirante fabricado pela Embraer são as forças aéreas da Colômbia, Gabão e Uruguai, além da Marinha do Chile.

Fonte: cavok.com.br